Top Peões de Rodeio Brasileiros: Descubra quem são eles!

A porteira do rodeio se abre e um turbilhão de emoções acontecem. O touro sai enfurecido. Sobre seu lombo está um homem apaixonado pela adrenalina que só um esporte como o rodeio pode oferecer. 

Neste artigo do blog da Koplr vamos contar sobre como realizar o sonho de fazer parte dos peões de rodeio, além de contar a história dessa profissão e desse esporte que atrai tantos apaixonados, principalmente no Brasil e nos Estados Unidos. 

De quebra, conheça ainda os melhores peões de rodeio brasileiros, que brilham no mundo todo. 

O que é ser um peão de rodeio?

peões-de-rodeio

É no meio da música sertaneja e da alegria e vibração do público que lota as arenas que os peões de rodeio se apresentam, sempre tomados pela adrenalina de estar montado em um touro que pode chegar a pesar mais de 800 quilos.

 

Um peão de rodeio, no sentido da palavra, é aquele que é um verdadeiro atleta e se dispõe a participar das competições de rodeios. 

 

Mas se formos falar sobre sentimento, uma boa definição é a que há na série documental original Netflix Fearless: “Nesse esporte, a vida passa diante dos seus olhos todas as vezes que você sobe no touro. É a maior adrenalina do mundo”. 

E como funciona o rodeio?

O rodeio é uma verdadeira festa que acontece principalmente aqui no Brasil e nos Estados Unidos, mas países como México, Canadá, Austrália e Nova Zelândia também são adeptos ao esporte. 

No Brasil, o rodeio é regulamentado pela Lei Federal 10.220/2001, que equipara o peão de rodeio a um atleta profissional, o que ele de fato é. O rodeio é feito por atletas e uma equipe muito bem treinada, que se dedica durante meses até o dia da competição. 

A competição consiste basicamente na força e concentração do peão, que se desafia a ficar 8 segundo em cima de um touro. Após esse tempo, o peão desce e a equipe entra em cena, tentando domar o animal. 

Depois disso, uma dupla de árbitros dá uma nota de 0 a 50 cada um. Um deles avalia o desempenho do animal, o outro avalia o desempenho do competidor. A soma da pontuação é de 0 a 100, e assim vai se ranqueando todos os peões participantes do rodeio.

Como ser um peão de rodeio?

Há quem comece a treinar desde novinho, há quem apenas se interesse pelo esporte depois de adulto. Independente de qual for o seu caso, existem algumas técnicas e cuidados que você pode utilizar quando começar a se aventurar nesse esporte.

1 – Sempre respeite o animal

O mais importante de todo o esporte é saber respeitar o animal que você vai montar. Existem leis nacionais e internacionais que você deve seguir, tanto no trato do animal, quanto no ato da competição. É importante ter em mente que o animal é seu parceiro mais fiel. 

2 – Assista e analise o máximo rodeios que você puder

Muito da paixão começa quando apenas se é um espectador. Mas quando você começa a praticar o esporte, vai perceber que existem técnicas específicas que o peão se utiliza, seja na hora de se manter montado no animal, seja no momento desistir. 

Passe a observar as competições com atenção. Analise desde o momento da preparação do atleta até o jeito que ele cai no chão depois dos 8 segundos. Observe tudo com atenção. O rodeio, ao vivo, é a maior escola.

3 – Treine diariamente  

Se você almeja uma carreira como peão, tenha em mente que o treinamento constante é essencial. Os treinos devem ser acompanhados por um peão profissional e nunca feitos por conta própria. 

No Brasil, existem diversas escolas de montaria, que oferecem a estrutura e os cuidados necessários. É importante utilizar capacetes e coletes nas primeiras aulas e saber o temperamento do animal em que se vai montar. 

Peão de Rodeio: Riscos

peões-de-rodeio-riscos

Nem tudo são flores. O rodeio é um dos esportes mais radicais do mundo e por consequência seu nível de risco é altíssimo. A qualquer momento pode se levar uma queda fatal ou mesmo ser pisoteado pelo animal enfurecido. 

Existem cuidados extremamente necessários que precisam ser tomados por quem deseja começar a praticar esse esporte.

O primeiro deles é nunca começar a praticar o esporte sozinho, por mais que se conheça o animal em que se vai montar. Tenha sempre uma pessoa mais experiente ao seu lado. 

Outro cuidado necessário é estar sempre com roupas adequadas, que cubram todo o corpo, além de utilizar capacetes e coletes nas primeiras vezes em que se monta em um animal. 

DICA IMPORTANTE:
Claro que não dá pra ser um peão sem estar com a beca nos trinques, né? Você encontra aquela roupa no estilo na loja da Klopr!

Para inspirar! 

Nem só de vídeos e grandes performances de peões de rodeio se vive. Para se inspirar nessa carreira que tanto sonhamos, sugerimos algumas músicas e dois documentários que contam a verdade nua e crua da profissão e do esporte. Se liga:

Peões de Rodeios nas músicas 

Aqui no blog já falamos sobre as músicas sertanejas de raiz e as músicas sertanejas românticas, mas existem aquelas que são feitas inspiradas na vida dos peões de rodeios, além de servirem de trilha sonora para o embalo pré-rodeio. 

Selecionamos 3 músicas sobre peões de rodeio que podem te inspirar:

1 – Peão, de Almir Sater

A fogueira, a noite, redes no galpão. O paiero, a moda, o mate, a prosa, a saga, a sina, o “causo” e a onça”

Almir Sater é um matogrossense do sul conhecido pelas suas letras poéticas e quando escreveu uma canção sobre a vida dos peões de rodeio, não seria diferente. Toda essa poesia foi para falar sobre a vida além do rodeio, do dia a dia no campo e da beleza que é ser peão.

2 – Som de Peão, de Léo e Raphael 

“Chapéu na cabeça e uma gelada na mão. Nas caminhonete um modão, ‘vixi’, é som de peão! ‘Vixi’, é som de peão!”

Essa já é da geração do sertanejo universitário. A música da dupla paranaense já tem um estilo mais moderninho, falando da vida do peão ostentação: aquele que gosta de mostrar seu sucesso!

3 – Peão de Boiadeiro, de Eduardo Costa

“Ventos que arrombam janelas e arrancam porteiras. Espora de prata riscando as fronteiras. Selei meu cavalo, matula no fardo, andando ligeiro, um abraço apertado”

O cantor e compositor Eduardo Costa é de uma cidadezinha chamada Abre Campo, no interior de Minas Gerais. Eduardo já sonhou em ser peão, mas terminou realizando esse sonho apenas com a música.

Peões de rodeios nas telas

A vida dos peões de rodeio já foi tema até de novela. Quem não se lembra da novela América, em 2005, com o peão Tião fazendo fama pelo Brasil e levando o nome dos rodeios para dentro das casa brasileiras?

Mas, falando em produções audiovisuais mais recentes, duas dicas são bacanas para assistir, se inspirar e saber mais sobre como é a vida do peão na realidade do dia a dia. 

1 – Fearless – 8 Segundo Para a Glória

A primeira dica é a série documental original Netflix Fearless – 8 Segundos Para a Glória, lançada em 2016. A série tem 6 episódios e conta histórias de peões brasileiros e americanos, na cidade de Barretos e na cidade de Las Vegas.

Com a série é possível ver o longo caminho até a glória do peão, com muito suor e treinamento. Confira o trailer:

2 – TOUROS

A outra dica é a série documental também original Netflix, TOUROS, que será lançada ainda neste segundo semestre de 2019. A série é uma produção brasileira e conta a história de quatro peões que participaram do famoso Circuito de Rodeio Rancho Primavera.

Confira o trailer para já ficar com vontade de assistir:

Rodeios mais importantes do mundo

O rodeio é um esporte mundial, mas o Brasil e Estados Unidos se destacam como palco das maiores e mais importantes competições. Só em território brasileiro, temos mais de 1.400 rodeios por ano. O que não falta é possibilidade de competir!

Festa de Peão de Boiadeiro de Barretos

A famosa festa na cidade de Barretos é a mais tradicional do Brasil. Criada em 1958, o rodeio que acontece no interior do estado de São Paulo é gigante em público e chega a reunir mais de 1 milhão de pessoas por ano, isso sem falar na quantidade de dinheiro que movimenta anualmente. 

Além do esporte, a festa conta com muita música, entre atrações nacionais e internacionais. Geralmente, acontece no mês de agosto. 

Cheyenne Frontier Days

Considerado o maior rodeio a céu aberto do mundo, o Cheyenne Frontier Days acontece na capital do estado de Wyoming, no noroeste dos Estados Unidos. A festa chega a reunir mais de 300 mil pessoas e é feita geralmente na última semana de julho. 

PBR World Finals Las Vegas

Com certeza a competição individual mais importante atualmente no universo dos rodeio. O PBR (Professional Bull Riders) é um campeonato mundial que tem diversas etapas espalhadas por vários países, inclusive no Brasil. 

O grupo PBR também organiza a Copa do Mundo de Montaria em Touro, que é realizada com 5 equipes formadas pelos melhores peões de cada um dos países que fazem parte da competição (Brasil, EUA, México, Austrália e Canadá). 

A etapa final da PBR World acontece na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos, e o prêmio para o grande vencedor é de 1 milhão e meio de dólares.

Melhores peões de rodeio brasileiros

O Brasil se destaca mundialmente como berço de grandes peões de rodeios. Alguns nomes que surgiram no interior de estados como Mato Grosso, São Paulo e Minas Gerais, hoje brilham nas competições mundiais. 

Confira os principais peões de rodeio brasileiros:

Peões de Rodeio Brasileiros: Adriano Moraes

O peão conhecido como The Phenomenon (O Fenômeno) é natural da cidade de Quintana, interior de São Paulo. Ele foi o primeiro brasileiro a vencer o PBR e garantiu seu tricampeonato em 2006.

Em 2008 ele parou de competir, após mais de 18 anos no esporte. Hoje, ele continua em contato com a montaria como técnico da seleção brasileira da modalidade. 

Peões de Rodeio Brasileiros: Kaique Pacheco

O jovem de 25 anos natural de Itatiba, interior de São Paulo, é uma das grandes promessas do Brasil para os próximos anos. Apesar de contundido na época, ele foi campeão da PBR em 2018 e segue com uma campanha invejável em 2019. 

Da lista, ele é um dos que começou a competir na PBR mais jovem, com 17 anos.

Peões de Rodeio Brasileiros: Renato Nunes

Dos 10 títulos que o Brasil já conquistou na PBR, um deles é de Renato, que foi campeão da competição em 2010. O peão se aposentou em 2015, mas seguiu a carreira nos torneios se tornando técnico.

 

Peões de Rodeio Brasileiros: Guilherme Marchi

Mais um paulista na lista: Guilherme é natural da cidade de Itupeva. Ele foi campeão da PBR em 2010, após três anos batendo na trave com o segundo lugar da competição. Ele já comemorou a marca inédita de 600 touros vencidos e em 2018, aos 36 anos de idade, anunciou o fim da sua carreira como peão. 

Peões de Rodeio Brasileiros: Silvano Alves

O Silvanino, como é carinhosamente apelidado, é um fenômeno mundial, considerado por muitos o maior peão que já existiu. Nascido na cidade de Pilar do Sul, interior de São Paulo, ele se iguala a Adriano Moraes com três títulos mundiais pela PBR. 

Se inspirou com todas essas estrelas do esporte? Imagina só fazer parte do hall dos peões de rodeio mais famosos do mundo?! Estamos torcendo por você! E se você gostou deste artigo, compartilhe nas redes sociais e acompanhe as novidades do blog no nosso Instagram @kloprbrasil e na nossa página do Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *