Mundo Equestre Criadores de Cavalo: dicas essenciais para cuidar de equinos

Criadores de Cavalo: dicas essenciais para cuidar de equinos

-

- Advertisment -

Cavalos são um dos animais mais adoráveis que existem. Bonitos, dóceis e uma possibilidade de renda com exposições e competições, é fácil sonhar em ser um dos tantos criadores de cavalo que existem por aí.

Mas por onde começar? Quais equipamentos são necessários? Quais raças são bacanas para iniciantes? E principalmente: como se tornar um dos excelentes criadores de cavalos brasileiros?

Se você tem vontade de entrar no ramo, é apaixonado por cavalos, mas não sabe o que fazer, continua aqui com a gente que vamos te contar tudo! 

Criação de cavalos no Brasil

criadores de cavalo

A criação de cavalos, também chamada de equinocultura, é uma verdadeira arte. São diversos os cuidados que se deve ter antes de desembolsar uma grana para comprar o animal. É preciso observar qual raça, onde será o espaço de criação, qual a função do animal… 

A boa notícia é que o mercado de cavalos no Brasil está aquecido e se mostra em franca expansão: em 2018, a equinocultura movimentou mais de R$ 16,5 bilhões de reais no país, com uma alta de 15% em relação ao ano anterior, segundo levantamento da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/SP).

Só no Brasil, a criação de cavalos corresponde a incríveis 3,2 milhões de empregos. Pra você ter uma ideia, esse número é seis vezes maior do que os empregados na indústria automobilística, por exemplo.

Então, não dá pra dizer que o mercado de cavalos não é bom, viu? É só questão de se programar e planejar qual o seu intuito na criação do animal.

E como começar?

Antes de tudo, é preciso decidir qual objetivo você pretende alcançar com a criação de cavalos. Os equinos podem ser utilizados para passeio, trabalho ou competição. Decidindo isso, aí sim você pode escolher qual raça melhor se adapta às suas necessidades. 

Muita gente não tem dinheiro para investir em um novo terreno adequado para a criação de cavalos, mas mesmo com uma área que não foi originalmente pensada para esse fim, é preciso ter alguns cuidados e escolher o local mais propício dentro das suas possibilidades.

Pontos importantes que você deve observar:

  • Em geral, cavalos não gostam de solos molhados e mal drenados
  • Procure solos planos, pouco acidentados e sem grandes obstáculos 
  • Escolha um local do terreno que não seja de difícil acesso

Outro ponto muito importante na criação de cavalos é saber o espaço que cada animal precisa, tanto para circular e não ficar estressado, quanto para ter uma alimentação nutritiva o suficiente. 

Tenha em mente que isso vai depender do tipo de gramínea usada. Se você optar por um Tifton, por exemplo, pode ter até 3 equinos adultos por hectare e ter a certeza de que eles estarão bem nutridos. Mas isso só ocorre porque essa gramínea é uma das mais nutritivas da natureza. 

 

Se você optar por outros tipos de capim com menos propriedades, uma boa média é ter 1 animal adulto por hectare.

Qual raça escolher?     

Essa é uma grande questão!

Depois de decidir qual objetivo com o animal, escolher a raça se torna mais fácil. As raças mais comuns no Brasil são o Mangalarga, o Mangalarga Marchador, o Quarto de Milha, o Arábe, o Campolina e o Appaloosa. 

Alguns deles são bastante ecléticos e se adaptam tanto para passeio, quanto para trabalho e competição. Mas alguns são bem específicos, por isso é importante entender o comportamento e estilo de vida de cada animal. 

Mangalarga

 

O Mangalarga é uma das raças mais antigas do país, fruto do cruzamento da raça Alter, que aportou no Brasil com a vinda de Dom João I, no século 19, com éguas nativas brasileiras. 

Ele é um animal adepto da cinegética (caça com cães), tem galope reunido, com arrancadas rápidas e paradas bruscas. Outra característica é sua marcha trotada, além de ser um animal bastante dócil e resistente.

O Magalarga é ideal para sela, lida de gado e caça. Mede em média 1,50m (machos) e 1,44 (fêmeas).

Mangalarga Marchador

Outra raça nacional bastante conhecida e criada, o Mangalarga Marchador é uma variação, como o próprio nome diz, do Mangalarga. Ele é levemente maior do que a outra raça, com média de tamanho de 1,52m (machos) e 1,46m (fêmeas). 

Sua história descende também da vinda da coroa portuguesa e da raça Alter. Sua maior característica é a facilidade no adestramento, já que é um cavalo bastante dócil e atento. 

Seu andar consiste em marchas batidas (ou picadas), bastante natural, com a quatro tempos e apoios alternados dos bípedes laterais, diagonais e tríplice apoio.

Ele é ideal para hipismo e equitação e salto, mas também é bacana para sela e consegue fazer lida de gado.

Quarto de Milha

Essa raça é originária dos Estados Unidos. Tem uma aparência bem bonitona: geralmente o animal é encontrado com pelagem alazã, baia, castanha e preta, além de ser bastante musculoso. 

Seu tamanho é em média 1,50m. Ele é ideal para hipismo rural e corrida plana, mas também faz lida de gado e pode ser adestrado para saltos. 

Sua principal característica é a fácil adaptação e adestramento, por ser um animal inteligente e ágil. 

Árabe

Existem registro do Cavalo Árabe desde o Antigo Egito, por volta de 700 a.C., tornando essa raça a mais antiga do mundo. Seu andar é em trote, o que é ideal para corridas, hipismo e performance

O tamanho do cavalo Árabe, em média, é de 1,45m. Ele ainda é tem um visual muito bonito, dono de um olhar bastante expressivo. 

Sua principal característica é agilidade, mas ele é um animal menos dócil que os demais da lista, com comportamento mais imprevisível e nervoso. 

Campolina 

Mais uma raça genuinamente brasileira, o Campolina vêm do cruzamento da raça Sangue Puro Lusitano e de égua brasileira.

 Esse animal tem um porte maior do que os outros da lista, chegando a medir 1,58m (machos) e 1,52m (fêmeas). Seu temperamento é dócil e ativo, facilitando o adestramento. 

Ele é ideal para cavalgada, já que seu andar é em marcha picada ou batida, bastante natural e, assim como o Mangalarga, é feita em quatro tempos, com apoios alternados dos bípedes laterais, diagonais e apoio tríplice.

Appaloosa

O appaloosa é uma raça proveniente dos Estados Unidos. Seu grande diferencial é a pelagem, que muitas vezes lembra o padrão de cores de uma vaca.

Ele é ideal para sela, corridas em terreno plano e hipismo rural, já que seu cavalgar é harmonioso, natural e em trotes. 

Seu temperamento é ágil, às vezes imprevisível e nervoso, mas em geral bastante veloz e bom de adestrar. 

Associações de criadores de cavalo

Ter um cavalo exige investimento e cuidado, além de muito estudo. Nesse processo, é bacana procurar as associações de criadores de cavalos, espalhadas por todo o território brasileiro. 

Elas servem como uma espécie de grupo de apoio de experiências e descobertas, além de serem importantes nos processos de compra e venda dos cavalos. 

Abaixo estão listadas as associações dos criadores de cavalos das raças que falamos anteriormente:

E a alimentação?

criar_cavalos

Para promover uma alimentação nutritiva e balanceada, depois de adquirir seu animal vale a pena procurar saber tudo sobre a raça. A dica é ler muito e se informar. Nesse processo as Associações de Criadores que falamos acima podem te ajudar bastante!

Cada animal, de acordo com cada objetivo, deve ter uma criação específica. Você pode optar por uma criação intensiva, extensiva ou mista. Em geral, a indicação é que seja mista, já que os cavalos têm, por instinto, o hábito do pastejo. 

Falando de forragem, as gramíneas mais comuns e indicadas são o Tifton 81, Zuri, Tamani, Andropogon, Gramas batatais e pensacola, Tanzânia e Coast Cross. 

É importante lembrar que cavalos são bastante exigentes, por isso faça as contas certinho, tendo em mente que cada animal precisa de cerca de 2% do seu peso corporal em volume de pasto, diariamente.

Além do capim, é bacana complementar a alimentação dos cavalos com leguminosas, amendoim forrageiro e soja perene. Mas lembre-se: consulte primeiro o médico veterinário da sua associação, ele fará uma dieta balanceada e rica em proteínas para o seu cavalo.

Equipamentos para começar a criação de cavalos

Agora que você já sabe qual o melhor local e raça para o seu objetivo, chegou a hora de se preparar com equipamentos para começar a ser um criador de cavalos. 

Existem itens imprescindíveis que você vai precisar para começar o adestramento e montaria do animal. São eles:

  • Manta
  • Sela
  • Embocaduras
  • Cabeçada
  • Cabresto
  • Bridão
  • Freio-bridão
  • Freios

Não entendeu nada? Vamos explicar item por item e para que servem!

DICA IMPORTANTE: Todos os itens para se tornar um criador de cavalo e começar a praticar a montaria estão disponíveis lá na Loja da Koplr

A manta é imprescindível para o conforto e bem-estar do animal. Colocada por baixo da sela, é ela quem garante que o cavalo não vá se machucar durante o treinamento e a montaria.

Já a sela é um item mais conhecido, e consiste no naquela estrutura em que se monta no cavalo. Ela fica amarrada no dorso do animal e é importante ser bem colocada para que não haja acidentes. 

Cada animal precisa de uma sela especial para o seu tipo físico. A boa notícia é que você encontra todas elas na loja da Koplr!

As embocaduras geralmente são feitas em aço inox e são colocadas na boca do animal. 

Já a cabeçada é o conjunto de cintos que ajusta a embocadura no tamanho correto para a cabeça de cada animal. Existem vários tipos de materiais que podem ser usados, mas tenha em mente que existem cabeçadas específicas para cada ocasião, por exemplo para o hipismo. 

O cabresto também faz parte dos itens conhecidos. Ele serve para ajudar na condução do cavalo. O ideal é que seja feito de um cinto largo, para não machucar o animal. Mas existem opções feitas com aço revestido de plástico, para os cavalos mais comportamentais. 

O bridão é um tipo de embocadura articulada, onde se pode prender as rédeas e a cabeçada. As associações de criadores costumam indicar bridões com medidas de argolas de 5 a 10cm, com diâmetro de 0,8cm e dividido em 2 ou 3 partes.

Por fim, o freio, um tipo de embocadura utilizada para ensinar o cavalo a parar quando o montador indicar.

Pronto para ser um dos criadores de cavalos?

Aprendeu como se tornar um dos criadores de cavalo brasileiros de sucesso? Não se esqueça que temos todos os produtos que você precisa para seguir essa profissão ou fonte de lazer lá no site da Koplr

Fique ligado em nossas redes sociais e acompanhe as novidades do blog. Semana passada falamos dos peões de rodeio mais tops do Brasil e dos grandes vencedores do PBR.

Nos siga no Instagram @kloprbrasil e na página do Facebook para não perder nada!

Ailson J. Lima
Jornalista, formado pela UFPE e especialista em Marketing Digital, SEO e Inbound. Redator e Growth Freelancer. Apaixonado por história, cinema, tecnologia, cultura pop e filosofia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira o seu comentário!
Por favor, informe seu nome

- Advertisement -

Paint Horse: saiba tudo sobre esta raça de cavalos!

O paint horse é uma raça de cavalo fácil de se identificar. Também conhecido como “cavalo pintado”, de longe,...

Festa country: dicas e inspirações para você montar a sua

Aos festeiros de plantão: já pensou em fazer uma festa country da próxima vez que for juntar a galera para comemorar alguma data especial? Ideal para crianças e adultos, a festa com temática country pode ser uma opção bem bacana para você que é amante do estilo de vida ligado ao campo. 

Must read

Top Peões de Rodeio Brasileiros: Descubra quem são eles!

A porteira do rodeio se abre e um turbilhão...

O Universo do Cavalo vira Marketplace no Brasil

Mais uma vez a Klopr.com foi destaque na imprensa....
- Advertisement -

You might also likeRELATED
Recommended to you